infinito

infinito

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

futuro



O futuro ainda está em teu poder...



Viver








Viver não é apenas lutar, mas esforçar-se por entender a razão da vida. 

Cenyra Pinto 

Adolescência



Entre a infância e a adolescência existe todo um mundo à deriva onde a descoberta é um processo de aprendizagem...


Adolescência é a fase que marca a transição entre a infância e a idade adulta. Caracteriza-se por alterações em diversos níveis - físico, mental e social - e representa para o indivíduo um processo de distanciamento de formas de comportamento e privilégios típicos da infância e de aquisição de características e competências que o capacitem a assumir os deveres e papéis sociais do adulto.

Fonte: Wikipedia




quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Instantes fotográficos







































Olhar simplesmente tudo aquilo que o meu olhar alcança através de um click fotográfico...em Peniche.



sábado, 16 de setembro de 2017

Moonlight





















O Filme Moonlight, é uma história de ligações humanas e de auto-descobertas. Relata a vida de um jovem afro-americano desde a sua infância até à idade adulta, acompanhando a sua luta para encontrar um lugar no mundo à medida que cresce num bairro empobrecido de Miami. É um retrato vital da vida contemporânea da comunidade afro-americana ao mesmo tempo que é uma meditação intensamente pessoal sobre identidade e uma obra revolucionária que reflecte com grande compaixão verdades universais.
Ancorada pelas extraordinárias prestações de um forte elenco (Trevante Rhodes, Naomie Harris, Mahershala Ali, Andre Holland, Janelle Monáe, entre outros). A singulat visão do realizador Barry Jenkins é profundamente comovente na sua representação de momentos, pessoas e forças que moldam as nossas vidas e fazem de nós quem somos.

Fonte: Contracapa do DVD



 Trevante Rhodes
Naomie Harris
Mahershala Ali
Andre Holland
Janelle Monáe
  



Criticas:
- A razão porque vamos ao cinema. TimeOut
- Uma obra-prima. Uma realização impressionante. Theguardian
- Transcende todos os clichés. The Times


Vencedor do Globo de Ouro para Melhor Filme Dramático e nomeado para oito Óscares, vencendo 3 Óscares em 2017.


Não vi o filme no cinema, apesar de ter sido muito badalado na comunicação social. Só à poucas semanas foi lançado o DVD, que adquiri e só hoje tive oportunidade de ver. Não sou racista nem outra coisa qualquer que por aí abunda de opiniões. Diria que é um filme de pretos, para pretos, pensam os mais conservadores, principalmente os simpatizantes de extremas disto e daquilo... Se tal pensamento existe, ele ofende as mais elementares regras de respeito humano. Também podem dizer que é um filme de panascas e/ou de paneleiros e maricas. Enfim, este filme dá para todas as idiotices. Observei atentamente a direcção de actores excelentes, com um desempenho de fazer tremer qualquer aspirante a actor. Com uma história simples, mas suficientemente reflexiva para nos deixar em suspenso nas interrogações que a vida nos dá e nos transmite. É preciso dar solução aos problemas que cada um tem de encontrar no seu caminho, para conquistar a sua liberdade e modo de viver, sem que terceiros invadem a sua privacidade. O sub-mundo das drogas e o inferno que elas provocam, dá prestígio de quem vende e desgraça de quem as consome, se equaciona constantemente a interrogação de que pacificamente nos deslocamos para o abismo da sobrevivência, do não existir mais nada e que tudo acaba ao som de uma qualquer trilha sonora, sem nos apercebermos das virtudes que a vida ainda tem. Este filme também, e apesar de tudo, premeia a sobrevivência e no acreditar na esperança de uma vida livre tranquilizadora. No fundo todos aspiramos a isso, mas fica a sensação de uma profunda frustração de que andamos a perder tempo com coisas efémeras. Depois da tristeza, a alegria é uma meta alcançável. Um sonho perdido e adiado, pode enfim ser alcançável ao virar da esquina. Das amizades mais insuspeitas pode vir de tudo, mas só as verdadeira amizades podem nos dar paz, sabendo que ela é relativa. E essa é, a ultima cena de Moonlight.